Morgan Stanley criará produtos em criptomoedas

De acordo com uma matéria da Bloomberg, o gigante norte-americano Morgan Stanley vai criar produtos que permitirão a exposição de seus clientes ao Bitcoin. A fonte da informação pediu para não ser identificada.

De acordo com as “pessoas próximas do assunto”, os clientes do Morgan Stanley vão poder assumir posições compradas ou vendidas na criptomoeda, usando derivativos swap de preço. O banco vai cobrar um spread em cada transação. O spread é a diferença entre o preço praticado nas plataformas de negociação, e o preço que o anco cobraria.

O Morgan Stanley se recusou a comentar o assunto.

O banco segue os passos de outros em Wall Street que já começaram a explorar suas opções. Há alguns dias, boatos de que o Goldman Sachs tinha desistido de abrir sua mesa de negociação de Bitcoins levaram a uma queda abrupta do preço. Os boatos foram negados pelo banco.

Além disso, rumores de que o Citibank estaria preparando um produto similar ao do Morgan Stanley vazaram há alguns dias. A opção que o Citi daria a seus clientes é o chamado “non-custodial” trading, ou seja, a negociação sem a necessidade de segurar o ativo.

Conheça o Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas da América Latina

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close